Estatuto do Nascituro será votado dia 05/06

Image

Está confirmada para o dia 05/06 a votação na Comissão de Finanças e Tributação do PL 478/07, mais conhecido como Estatuto do Nascituro, como se pode ver pela pauta.

Já esclarecemos anteriormente porque aprovar o Estatuto do Nascituro. E detalhamos, no site do Brasil sem Aborto, como manifestar-se aos deputados, além de trazer amplo relato sobre a tramitação.

É hora de mobilização! Para isso estamos convocando a todos para a 6a marcha nacional da cidadania pela vida, hoje (04/06) às 15h00 na torre de TV (Eixo Monumental, Brasília), de onde caminharemos até o Congresso Nacional!

Pedimos também a sua assinatura para a aprovação do Estatuto do Nascituro.

Se puder, compareça ao Congresso Nacional, para acompanhar a votação. Se não puder ir pessoalmente, acompanhe pelo Twitter do Brasil sem Aborto.

Anúncios

7 Comentários

Arquivado em Marchas e manifestações, Tramitações no Congresso Nacional

7 Respostas para “Estatuto do Nascituro será votado dia 05/06

  1. Pingback: Estatuto do Nascituro pode ser votado amanhã | Viver o dom da vida!

  2. Pingback: «Quero Viver! Você me ajuda?» | Deus lo Vult!

  3. Movimento Nacional da Cidadania pela Vida Brasil sem Aborto
    Estatuto do Nascituro será votado dia 05/06
    Sabe… fico encantado com a movimentação de pessoas no estabelecimento e defesa de causas populares, como essa.
    O engraçado é que não vejo a mesma movimentação quando se trata de apoiar passeatas contra políticos asquerosos que se locupletam do poder. Daqueles que, mesmo ante o clamor popular, continuam em suas posições sem que ninguém consiga atingi-los.
    Também não vi ninguém se mobilizando acerca das cartilhas que o governo esta distribuindo para nossas crianças de 08 a 10 anos acerca de relacionamento gay ou das fotos contidas nessa cartilha em que quatro homens aparecem enganchados uns aos outros numa orgia sem fim. Ou ainda daquele trabalho encomendado por escolas paulistas, atendendo orientações da Sec. de Educação e do MEC, demonstrando e ensinando o que é BOQUETE ou sexo anal e por ai vai.
    Da mesma forma que aqueles que fazem aborto clandestino devem estar no meio dessa massa de pessoas, rindo a toa por conta do tanto de dinheiro que irão ganhar por conta dessa lei.
    Sim porque enganam-se essas pessoas de que com a aprovação dessa lei as coisas irão ser diferentes no pais. Mulheres que se postularem ao aborto irão fazê-los do mesmo jeito, e isso nem é mesmo considerado como um caso de saúde publica.
    Gastar milhões de reais com programas, não contra as drogas, mas com a recuperação de drogados esse sim é um caso de saúde publica, a meu ver apenas um caso de policia, uma vez que não fui eu nem muitos daqueles que lêem este artigo que patrocinaram ou forçaram, ou venderam, enfim que de alguma forma levaram essas pessoas ao vicio.
    Em muitos casos matam, roubam ou se prostituem em busca da droga.
    Mas no caso das mulheres, que ofendem a si próprias e que, fatalmente, irão prestar contas de suas atitudes a Deus além de muitas ficarem traumatizadas, deformadas ou mesmo quase morrerem nas mãos desses ” açougueiros de plantão”, para isso existe toda essa mobilização. Parabéns aos organizadores e a todos aqueles que, hipocritamente, são incapazes de uma atitude mais critica e que pretendem administrar um corpo que não e´seu.

    • Rizolli,

      Sem dúvidas, há muitas causas pelas quais se manifestar, mas é impossível que as mesmas pessoas cuidem de todas elas. Fizemos a nossa opção em defesa da vida desde a concepção. Você e muitos outros são livres para organizar manifestações pelas causas que considerem mais relevantes, exercendo a sua cidadania, como procuramos fazer com a nossa. Manifestação não é algo para se “ver”, mas para se mover.

      Abraços!

      • Sem duvida Lenise. Respeito e muito as coinvicções e escolhas das pessoas, da mesma forma, entendo, que teriamos de respeitar tambem a vontade dessas mulheres. Veja, não sou e nunca serei a favor do aborto. Vai negativamente de encontro às minhas convicções e minha fé. Mas não vislumbro as coisas como se simples fossem. Eu as observo muito além e, apesar de respeitar seu ponto de vista, ainda acho que a análise mais aprofundada, conforme expus, nunca foi feita. Trata-se tão sómente de uma análise comunitária, talvez religiosa, mas não uma que seja realmente abrangente e que busque aceitar a realidade e a realidade é essa com a qual vivemos, nesse exato momento centenas de mulheres estão se submetendo a abortos clandestinos…..

  4. A vida acima de qualquer a morte quem pode decretar somente Deus ele e quem pode nos tirar a vida.

    • Todos os direitos de tais mulheres se encerram no momento que optam por assassinar seus filhos. Não há diferença entre assassinar um indefeso nascituro, um lactente ou um filho em idade escolar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s