Lançamento da 4a Marcha pela Vida no Congresso Nacional

Mesa lançamento

O ato mostrou o pluralismo do movimento, supra-partidário e supra-religioso


A TV Canção Nova fez ótima cobertura, e registramos aqui o nosso agradecimento.

Anúncios

5 Comentários

Arquivado em Frente Parlamentar Mista em Defesa da Vida - contra o aborto, Marchas e manifestações, Tramitações no Congresso Nacional

5 Respostas para “Lançamento da 4a Marcha pela Vida no Congresso Nacional

  1. Que movimento detestável. O CORPO É MEU, EU DECIDO! Minha avó abortou, A SUA TAMBÉM, quer você queira ou não! Moralistas ridículos, aborto não é assassinato, é um DIREITO da mulher. Nós não vamos nos calar, e pode crer que continuaremos abortando se necessário for.

  2. “Seu comentário está aguardando moderação.”

    Então os comentários aqui são filtrados. Não há liberdade de expressão, assim como não há liberdade do corpo.

    Então isso é pra você, moderador que está lendo meu comentário e não vai publicá-lo. Aborto não é assassinato, isso é MORALISMO VELHO E BARATO. PESQUISE, INFORME-SE SOBRE AS MELHORIAS QUE A LEGALIZAÇÃO DO ABORTO TRARIA AO BRASIL! Ou melhor, PESQUISE, INFORME-SE SOBRE SE ALGUÉM NA SUA FAMÍLIA JÁ PRECISOU ABORTAR. Quem sabe aí talvez você cresça um pouco e comece a entender as mulheres….

    • Marisa,

      Como vê, o seu comentário foi publicado. Não tememos o debate, apenas lamentamos quando ele não é feito com base em argumentos, e só se deixa de publicar quando há termos inadequados ou agressões pessoais.

      Alguém na sua família “precisou” abortar? Se a sua mãe tivesse “precisado” te abortar, não estaríamos aqui dialogando…

      Eu entendo que há situações muito difíceis. Elba Ramalho, na sua juventude, achou que “precisava” abortar; hoje ela vê de modo diferente aqueles momentos, e com quantas mulheres não ocorre o mesmo!

  3. Cléber

    Como é triste ler isso… “É um direito da mulher, abortar.” Onde, alguém tem direito em interromper uma vida?

  4. Isa

    A mulher tem o direito de tomar pílula, usar camisinha, DIU, diafragma, qualquer método contraceptivo; ela tem até mesmo o direito de não fazer relações sexuais. Ela pode evitar uma gravidez, se não quer. É muito fácil sair fazendo sexo por aí, sem os devidos cuidados e depois abortar, descartar uma vida humana que não teve culpa do ato da “mãe”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s